Inteligência Emocional Para Engenheiros

Teoria dos 2 Hemisférios Cerebrais (razão e emoção)

Olá, aqui é o Nilo Guimarães e neste artigo falarei sobre uma DICA Não-Técnica para os engenheiros e futuros engenheiros que acompanham o CONAENGE.

Falarei sobre um assunto TABU… falarei sobre EMOÇÕES!

Fique tranquilo se você é cético em relação a este tema, eu também ainda sou um pouco, mas já fui bem mais!

Para que você entenda a minha perspectiva sobre este assunto contarei um pouco da minha história pessoal. Talvez você se identifique com ela.

Logo na adolescência, e ainda quando entrei na universidade para cursar engenharia mecânica aos 17 anos, identifiquei como minhas fortalezas (os assuntos que mais dominava) as disciplinas de matemática, física e tecnológicas.

A área analítica … racional … no campo da lógica, era facílima de navegar para mim, portanto tentava racionalizar ao máximo. Parecia uma boa ideia na época, ou seja, levar o jogo para a área que eu dominava e aí você pode imaginar o que aconteceu…

Incomodado por alguns maus resultados, racionalizando tudo que aparecia, já formado e trabalhando como engenheiro, pareceu-me melhor a estratégia de integrar a razão e emoção para ter melhores resultados, inclusive profissionais.

Impactos da Emoção

E se você ainda está cético quanto ao impacto das emoções em sua atuação como engenheiro veja os casos a seguir:

1) Por que o Neurocirurgião habilidoso não opera o próprio filho? Um Pai jamais operaria o cérebro do próprio filho porque está tão emocionalmente envolvido que sua capacidade intelectual e suas habilidades como cirurgião seriam afetadas fortemente.

2) Por que o Juiz se diz impedido de julgar Parentes e Amigos? É impossível para um Juiz ter imparcialidade ao julgar causas em que estão envolvidos parentes e amigos. Terá a forte tendência a beneficiar os seus em detrimento da decisão realmente justa. Aliás, no Brasil temos visto vários juízes sendo parciais em suas decisões por estarem envolvidos com os julgados.

3) Por que o Charles Bronson é um MESTRE para o Lama Budista? O Lama Padma SMestre Charles Bronsonamten (Alfredo Aveline) é um Mestre em Física Quântica e é um líder do Budismo no Brasil.

Tive a felicidade de assistir algumas palestras dele e em uma delas ele comenta que o Charles Bronson era um Mestre para lhe ensinar a controlar suas próprias emoções.

Dizia que ele costumava colocar a estátua de BUDA sobre a TV e começava a assistir o filme “Desejo de Matar” do Charles Bronson.

Era impressionante o que acontecia… em menos de 10 minutos já estava gritando “Vai! Mata… isto… mata, mata ele!”.

O que, convenhamos, não fica nada bem para um líder Budista!!!

Falava isto mostrando como muitas vezes somos controlados por nossas emoções e chamava a atenção para o assunto.

4) Por que Enxadristas também tentam irritar seus adversários? Mesmo em um esporte nobre como o Xadrez os adversários tentam produzir sons, oferecer empate várias vezes ou outras formas para perturbar os adversários.

5) O “Jogo do Mau” do velocista Róbson Caetano da Silva. Outro dia assisti o Róbson Caetano falando que instantes antes das largadas, nas corridas de 100 e 200 metros, ele intimidava os adversários.

Embora não concorde com esta atitude, pois acho antidesportiva, certamente o Róbson conseguia desestabilizar alguns emocionalmente e com isto faze-los correr alguns poucos décimos de segundo a mais do que poderiam se estivessem 100% emocionalmente.

6) Por qual motivo é tão difícil jogar contra o tenista Roger Federer? O O Jogo Interior de Tênis. Jogo Interno.Federer é um tenista fantástico, tem uma técnica sublime e fisicamente ainda está bem aos 35 anos, mas o que me impressiona é que não dá para ler as emoções do Federer. Imagino que isto seja péssimo para os adversários.

O Federer, Djokovic e Nadal concordam que: “O jogo parece ser aquilo que acontece entre as linhas da quadra, mas só acontece realmente entre as suas orelhas.”

Segue trecho do Livro “O Jogo Interior de Tênis”: “Cada jogo se compõe de duas partes: um jogo exterior e um jogo interior.

O primeiro é jogado contra um adversário para superar obstáculos externos e atingir um objetivo fora de nós.

Já o jogo interior se desenrola na mente e é jogado contra a falta de concentração, ausência de confiança em si mesmo, nervosismo – tudo que inibe a excelência do desempenho.

É o jogo interior que determina se iremos ganhar ou perder.

Este é um livro para quem joga ou está aprendendo a jogar tênis, e para os que querem aprender a assimilar vitórias e derrotas nos jogos da vida.” Timothy Gallwey é considerado por muitos o “pai do Coaching”.

7) Emoções adequadas ajudam a Vender? Certamente um Engenheiro de Vendas se beneficiará bastante ao controlar a ansiedade na hora de negociar os grandes contratos com os clientes.

Tanto o conhecimento técnico quanto a gestão das emoções são fundamentais para um vendedor de sucesso.

O VALOR é PERCEBIDO pelo cliente e devemos usar todos nossos recursos para AUMENTAR o valor percebido antes de apresentar o PREÇO do Projeto.

8) Você sabe o que é Mindset? Mindset é o modo dominante como vemos, compreendemos e julgamos as coisas à nossa volta, o que por sua vez norteia as nossas ações no dia a dia profissional, pessoal e também o mundo dos negócios.

É o conjunto de Crenças que dá origem aos outros pensamentos, emoções e comportamentos.

Você pode, por exemplo, escolher adotar a Mentalidade da Abundância (vencer colaborando com outros porque há bastante para todos) ou utilizar a Mentalidade da Escassez (vencer apenas competindo porque acredita que os recursos são escassos).

Adotar uma ou outra Mentalidade/Crença fará toda a diferença em seu comportamento.

Felizmente com a Internet posso indicar fontes multimídia para você conhecer mais sobre Mindset. E quando penso em Mindset para Engenheiros penso no Conrado Adolpho.

Ele sabe tudo sobre Mindset e como fez 3 anos de Engenharia no ITA entende nossa mentalidade de Engenheiros.

9) Você sabe o que é Inteligência emocional? A Inteligência Emocional é a capaciTrabalhando com a Inteligência Emocionaldade de gerenciar adequadamente as emoções para obter os melhores resultados.

Prefiro o termo gerenciar do que controlar porque a palavra controlar tem uma conotação negativa para os brasileiros por estar ligada a suprimir, proibir, já a palavra gerenciar é mais neutra.

Também prefiro gerenciar porque as vezes queremos intensificar as emoções e não suprimi-las. Depende sempre da situação.

Para Goleman algumas das competências mais importantes do ponto de vista da Inteligência Emocional são: autopercepção, autoconfiança e autocontrole; engajamento e integridade; capacidade de se comunicar e exercer influência; capacidade de iniciar e aceitar mudanças.

Este é um excelente livro que li em 1998 e que reli agora. É impressionante como sua mensagem permanece relevante quase 20 anos depois.

10) Será que as Emoções afetam seu desempenho como engenheiro ou estudante de engenharia? De fato Goleman mostrou que quando estamos muito perturbados emocionalmente nossa capacidade cognitiva diminui.

Há ligações físicas no cérebro entre as áreas racional e emocional.

Como Aumentar o QE (Quociente de Inteligência Emocional)

  • Alivie as Tensões (fazer exercícios físicos, escutar música Clássica, conversar com um amigo, …). Veja o que funciona melhor para você e pratique.
  • Identifique os “gatilhos” de suas emoções. Descubra o que faz você sentir frustração, tristeza, raiva e outras emoções perturbadoras e tente eliminar a raiz do problema.
  • Conte até dez quando estiver muito irritado. É uma dica antiga que funciona muito bem. É melhor você contar até dez do que agir por impulso.
  • “Durma com o Problema”. Isto ativa as capacidades do subconsciente e certamente lhe dará melhores condições de resolver o assunto no dia seguinte.
  • Seja curioso a respeito dos outros. Estimule-os a falar de suas vitórias. Sempre ficará uma boa lembrança da conversa para ambos.

 

Ao fazer isto você estará:

  • Se (Recompondo = Gerenciando as Emoções)
  • Evitando (Perder a Cabeça = Agir Irracionalmente)

 

Teria do Cérebro Trino

Além da Teoria dos Dois Hemisférios Cerebrais, onde o esquerdo seria o Hemisfério Racional e o direito o Hemisfério Emocional existe uma outra Teoria Cerebral que acho mais coerente.

3 Cérebros em 1É a Teoria do Cérebro Trino (Primitivo, Emocional, Racional).

Segundo esta Teoria nosso Cérebro é dividido em 3 unidades funcionais.

O mais antigo é o Cérebro Primitivo ou Cérebro Reptiliano, e tem como característica as funções de sobrevivência.

O Segundo é o Cérebro Emocional ou dos Mamíferos. Responsável por evitar a dor e buscar o prazer.

O Terceiro é o Cérebro Racional também conhecido como Neocórtex. Capacita o homem a pensar, planejar e usar a linguagem.

Formação do Cérebro Trino

Segue artigo em Vídeo:

Versão Resumida em PDF.

COBENGE 2005 – Inteligência Emocional na Engenharia.

Tipos Básicos de Personalidade – MBTI

Espero que você tenha gostado deste artigo e, se isto realmente ocorreu, por favor, comente e/ou compartilhe este artigo. Obrigado!

Inscreva-se no 3º Congresso Nacional Online de Engenharia Mecânica e Automação! (de 06 a 10/08/2018)

  • Aguardo você no CONAENGE 2017!

  • Jéferson Carvalho

    Parabéns Nilo. Gostei muito do artigo e também penso ser impossível separar alto desempenho em nossas funções da boa saúde emocional. Forte abraço.

  • Gilson Júnior

    Artigo bem elaborado e de uma grande importância para nós que estamos iniciando uma vida acadêmica como futuros engenheiros.
    A emoção toma conta de tudo que nos move, enfim, agradeço por ver um trabalho minucioso e tratando de um tema importante!